AH MEU AMOR, SE EU PUDESSE !

Socorro Lima Dantas
 
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
Pegaria todas as estrelas do céu
Transportaria aquele intenso brilho
E iluminaria o teu olhar.
 
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
À luz daqueles astros
Tomaria a direção do teu olhar
Para que os meus olhos pudessem
Os teus encontrar...
Conservaria apenas o nosso contemplar
Olhos nos olhos a deslumbrar.
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
Gravaria em nossas memórias
Aquele mágico momento do encontro
Eu... Tu...
Apenas nós e as estrelas...
E somente o nosso desejo deslumbrar
Viveríamos exclusivamente àquela hora
E contaríamos a nossa história !
 
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
Penetraria em teu pensamento
Deitaria o meu peito no teu
Desvendaria a tua meditação
Neste momento de busca e indecisão.
 
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
Revelar por onde andas,
Em que pensas...
 Para qual ponto tu olhas...
E por que caminhas tão lentamente
 Em minha direção ?
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
Se eu tivesse este domínio
Cessaria essa busca infindável
Fixaria o teu olhar no meu...
O meu olhar no teu!...
 
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
Observaríamos as estrelas numa só contemplação !
Juntos, teríamos apenas um olhar,
Uma só direção... Um só coração...
Para o nosso amor consagrar.
 
Ah meu amor, se eu pudesse !
 

 


 

 

AH MEU AMOR, SE EU PUDESSE !

Tarcísio Ribeiro Costa

 

 

 

Eu não estaria tão saudoso,
Não estaria a escrever este poema,
Estaria, sim, ao teu lado,
 sorrindo feliz...
Eu a olhar o teu olhar ,
E tu a olhares para mim...

Nós, brincando de bem-me-quer,
O cheiro do teu corpo a me inebriar,
Minha mão no teu peito a sentir o teu coração,
E tu com o ouvido no meu peito...
Prenunciando um louco abraço.

Se eu pudesse...
Sonharia com o teu sonho,
Conheceria o teu pensamento,
Minha vida seria de momentos
 ao teu lado...

Eu te proponho
Vamos construir uma ponte
Para ligar os nossos corações,
Ela será feita de carinhos
E será chamada de ponte da
felicidade...

É ruim a tua ausência....
Vivo morrendo de saudade!

Tarcísio Ribeiro Costa
Brasília
30/01/2007

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

 Fragmentos dos Meus Sonhos  - Socorro Lima Dantas

 Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007