TRISTEZA... SOLIDÃO...

Socorro Lima Dantas
 

 

Essa tristeza,
que não abandona este coração,
recusa-se partir... dizer  adeus...
deixando-o em total desolação !
 
 
Essa tristeza,
que insiste em invadir a realidade,
atraindo o acesso a solidão !
que o peito não deseja enxergar...
Entregando-se a saudade.
 
 
Essa solidão,
que agita este peito em ebulição,
meneando as agruras da vida
atenta aos seus passos.
acirrando-a como as de um mar bravio.
 
 
Essa tristeza... essa solidão...
adentraram nesta alma sofrida,
que guarda um amor contido
sem licença pedir,
como se fosse seu !
É uma dor sem jeito...
deixando-a perdida.
 
 
Essa tristeza... Essa solidão...
Que impedem esta vida em paz prosseguir...
Em seus sonhos imaginados:
Devaneio de alegria
Juras de amor
Felicidade eterna
Vida feliz
Sem traumas
Sem cobranças
Nem decisões imediatas.
Essa tristeza... Essa solidão...

 

29/12/2007

 

 

 

 

TIVE E TENHO

WalterBRios
 

 

 

Eu tive uma tristeza
Eu tenho uma tristeza,
Mas ter não é ser triste,
Nem tudo que penso existe.
 Eu vi e temi a desolação,
Mas arrumei meu coração.
Onde há saudade há pranto eu sei,
Mas nem tudo é como pensei.
 
Como uma panela em ebulição
São as bolhas da solidão,
Destampo e tiro a panela do fogo,
Mas prossigo e não acabo o jogo.
 
Pode ser sofrida a alma,
Mas não caída e sem calma,
Onde o amor segura os dias,
A felicidade e suas alegorias.
 
Acho que nada seria eterno,
Se fosse interno o inferno.
É claro na solidão há mesmo dor,
Talvez para que se busque o amor.
 
19/03/2007

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007  - Fragmentos dos Meus Sonhos  - Socorro Lima Dantas
Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007
Webdesigner: Sonia Orsiolli
li