**

*

******

**

 

 

*

 

 

 

 

 

Socorro Lima Dantas

 

 

 

 

Às vezes, deparo-me com indagações
procuro repostas às minhas aflições,
da história de um amor guardado,
de um tempo perdido...
coberto pela poeira do passado.


Peito comprimido,
hóspede dos sentimentos perdidos,
ressente-se com imagens de outrora.
Fecho o meu mundo numa concha,
permito escoar para mim vãs recordações !
Estou inerte, sem resposta alguma.
São inquietações e sentimentos vividos.


Arrastada pela solidão,
comparo-me a uma bailarina... estou Imóvel...
No picadeiro, ninguém a me aplaudir !
Um grito selvagem aborda o meu íntimo.
Sinto-me só, em meio a uma multidão.


Vem àquela vontade louca de esquecer,
de partir definitivamente...
Numa noite insone, exposta ao inesperado,
sem a identidade da alma,
Sem levar as lembranças, nem a saudade !
Quero esquecer o passado, desejo insólito,
perdido ao encontro do nada.


Não há resposta para esta incerteza

que me cerca !
Permanecem meus anseios,
aproxima-se o tédio,
a saudade que ficou, as lembranças daquele amor.
As recordações alteram as batidas do coração,
na inútil reconstrução do que fui,
e o que será deste meu eterno devaneio.

 

De repente,
desperto os meus pensamentos antes adormecidos !
Descubro, sem querer acreditar,
que tudo não passou de uma aspiração !
Pensamentos levados pelo vento
removidos pelos castelos construídos por mim,
num tempo vivido apenas para sonhar.


Anseios reprimidos,
aborda-me a vontade de esquecer tudo !
Retorno ao caminho, de volta a tudo outra vez,
na inútil tentativa de mudar o destino.
Quero recontar a minha história,
alterar as versões...
Mudar a rota dos nossos corações,
transformar nossas almas sofridas e amarguradas,
numa amplidão de amor ao alvorecer !


Quero viver este sonho,
quero te amar, como se não fosse existir

outro momento igual,
quero esquecer a sucessão de outros dias,
viver apenas o presente !
Quero ser EU e TU numa só existência,
assim será a Minha Vida !

 

 
 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos -  Socorro Lima Dantas

Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007