Socorro Lima Dantas

 

 

 

Nesta estrada chamada vida,
Nós ... Nosso amor...
 Momento só nosso...
Entregando-nos inteiramente
Numa total cumplicidade
Sentindo apenas a nossa respiração contida.
 
 
Na vivência deste amor,
Continuamos sonhando...
Orquestrando uma busca eterna,
Atendendo ao comando dos nossos corações,
 Juntos cultivamos o sustento de nossos sonhos.
 
 
Nós... Somos apenas nós...
Os culpados  pelo estado das nossas almas,
Na tentativa inútil de aprender ...
 Sentir um único ser: Nós ...
A mais perfeita forma de amar sem sofrer
Em cada encontro...
 Perdidos nos desencontros...
Recordados nos caminhos percorridos
À procura um do outro,
 Nesta eterna aventura de sermos nós.
 
 
Nós somos as dores,
A vida...
 A saudade que ficou...
A luz que acende e reacende a paixão,
Ao sermos descompassados pela dor
Misturando a razão do nosso viver...
Pelo anseio do ser ou não ser,
Nós...
 Somos a procura de nós mesmos !
 
 
Nós contemos as nossas almas,
Desvendando este amor proibido
Perdidos naquele infinito
Afeto laçado pelo começo,
Ancorado pelo o meio,
Um aceno com esperança,
Vencido pelo cansaço
Sofrimento dominado
 Pelo fio da expectativa
Nós somos o amor sem fim !

 

 


 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos  -   Socorro Lima Dantas

 Todos os direitos reservados.
Publicado: 13.01.2007