*****

*

**

 


 

 

 

 

 

 

Socorro Lima Dantas

 

 

 

 

Ah, se eu soubesse,
que me ocultavas este amor !
Eu teria corrido aos teus braços
te prenderia em meu abraço,
e viveríamos na mais pura ternura,
a maior e mais perfeita afeição !
E assim, teríamos, juntinhos
dividido as nossas emoções.

Vem amor,
abandonas esta angústia
que aperta o teu peito !
O meu arde de paixão pelo teu !...
Amor este, só agora declarado por ti,
a este coração eleito !

Vem amor,
agora, que eu sei
do amor que sentes por mim,
não precisas nenhuma palavra falar...
Entre nós, já está tudo declarado,
resta-nos apenas te esperar.

Vem amor,
caminha ao meu encontro !
eu estou aqui a te desejar
com o meu amor ouro e singelo...
e muita paixão a te ofertar !

Vem amor,
reacende a alegria da tua alma,
acalma o teu peito !
Agora descoberto este teu afeto,
guardado em segredo ...
em teu coração sofredor !
Não existe emoção maior ...
arranca de ti esta dor!

Vem amor,
não há mais dúvida,
e nem segredo entre nós...
Guarda a tua ansiedade !
Quando o nosso encontro acontecer,
não haverá mais uma só lágrima !
Apenas os pássaros a cantar,
as flores das árvores a balançar pelo vento,
as pétalas caírem em nosso rosto,
saudando o nosso amor.
Quanta felicidade !

Vem amor,
escreve a nossa história,
fala de uma vez sobre esse afeto guardado,
das palavras não ditas,
do amor não declarado,
desta paixão encravada,
neste encontro tão esperado,
 das promessas agora reveladas !
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos   -  Socorro Lima Dantas

Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007