Socorro Lima Dantas

 

 

Quisera um dia  te encontrar,

para te falar tudo o que eu não falei.

E se este sonho acontecer,

o meu amor eu irei te declarar.

Falarei das cartas que te escrevi,

guardadas, ficaram...

e eu, sem coragem, não te entreguei !

Confessarei da minha solidão,

vivida sem ti, há tanto tempo...

Tudo isto eu te revelarei.

Ah, como eu quisera !

Dar-te o beijo de amor

que eu não te dei,

abraçar-te com a paixão mais ardente

que eu não te demonstrei,

fitar os teus olhos como nunca fitei,

e te falar de uma só vez,

que eu ainda te amo !

Eu preciso te encontrar,

para viver este amor  guardado,

este afeto há tanto tempo cultivado,

e na esperança de um reencontro,

eu te direi com ardor, 

que conservei o coração despedaçado

longe do teu, em dor, triste,

resistindo em silêncio,

a espera deste momento de coragem,

para revelar este amor tão grande

e te entregar este afeto de uma vez.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007, Socorro Lima Dantas - Todos os direitos reservados.
Publicado: 13.01.2007  Última atualização:  06.11.2010

Webdesigner:  Sonia Orsiolli