*****

*

 

*

 

 

 

 


Socorro Lima Dantas


 

 


Planejo mais uma viagem...
Preciso soltar as amarras do meu ser,
que insistem em prender a minha inspiração !
Percorro os mais íntimos espaços da minha alma.
Não será fácil esta abordagem...


Tento tocar cada pedaço nunca explorado !
O âmago não permite alcançar...


Encontro os meus sentimentos arquivados,
agarrados as entranhas de seu tão protegido espaço:
Amor
Sonhos
Ilusões
Desilusões
Pesadelos
Encontros
Desencontros
Despedidas
Reencontros...


Abrigada em meu destino,
desfaço as malas.
A incerteza instala-se em meu ser...
Não sei ao certo se devo prosseguir neste fascínio.


Preciso ser prudente nesta expedição.
Os meus sentidos entram em estado de alerta !
O meu peito pressente:
Não deverei explorar os meus anseios...
Afinal, são somente meus ?!...


Persistir nesta invasão silenciosa,
poderá custar o fim de uma empreitada,
e o sofrimento de uma procura ambiciosa...


Não é fácil decidir !
Encontro uma resistência no âmago...
A alma chora...
Fecha as portas antes abertas !
Penso... Repenso...
A dúvida me persegue...
Vêm as indagações:
Ah, coração inseguro,
deverei prosseguir ?


Decido voltar ao ponto de partida.
deixar a alma quieta,
e o coração livre como antes !
Sem qualquer elucidação que a alma lhe afete...
Encerro a viagem de uma alma poeta !


 
 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2007

Fragmentos dos Meus Sonhos   -  Socorro Lima Dantas

Todos os direitos reservados
Publicado: 13.01.2007